Residências Internacionais

Hangar desenvolve vários Programas de Residências Internacionais que oferecem aos artistas não residentes em Portugal ou Lisboa, a oportunidade de viver e trabalhar em Lisboa por um período entre 1 a 3 meses. O programa tem como objetivo promover o intercâmbio internacional e a troca de ideias através da prática artística nas áreas das artes visuais, performance, fotografia e vídeo.

Por meio de parcerias estratégicas no meio artístico internacional e com instituições ligadas à produção cultural e investigação artística em vários países e através da Triangle Network, o Programa de Residências tem como objetivo fortalecer as ações de intercâmbio existentes entre Portugal, Europa, África e América do Sul.

O Programa de Residências HANGAR tem dois formatos: Host Residencies (candidatura espontânea, sujeita a aprovação) e Visiting Artists Residencies (convite e convocatória aberta, sujeita a júri).

Para obter informações sobre elegibilidade e sobre a forma de ser considerado para uma residência, por favor consulte o nosso Regulamento

Actualmente está em curso o Programa de Residências Longitudes 180º Artistas ao Sul.

180º | Residência Artística

180º Artistas ao Sul (2015-2018) é um programa de residências, com enfoque no contexto artístico e cultural de Lisboa, destinado ao intercâmbio de artistas oriundos de Angola, Cabo Verde, Moçambique e São Tomé.  Este projeto de residências artísticas têm com0 objectivo  contribuir para o desenvolvimento das carreiras artísticas e internacionalização dos artistas participantes, através da prática do site-specific como forma de exploração artística. A residência pretende fortalecer o trabalho em rede entre os artistas, apoiar a produção experimental de novos trabalhos e promover a troca cultural com a disseminação de ideias e de conexões criativas com o público e comunidade artística internacional em relação com o contexto africano e português. Este projecto procura oferecer aos artistas um conjunto de condições que reflectem um constante questionamento sobre a prática artística contemporânea. As actividades do programa 180º ARTISTAS AO SULincluem trabalho de estúdio, artists talks, programa de performance, ciclos de cinema, visitas de estudo, programa educativo e um programa paralelo de artistas e curadores convidados.  Este programa têm a duração de 3 anos e conta com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian.

O programa terá uma importante componente de intervenções artísticas orientadas para a comunidade local e uma programação de eventos (artists talks, seminários, performances, concertos, masterclass, workshops de formação), pensados para captar públicos diversos, procurando estabelecer um diálogo criativo entre estes e os artistas diversificados.

Triangle Network

Triangle Network é uma rede de artistas, grupos de artistas e organizações artísticas, que vem crescendo desde 1982 e atualmente está presente em mais de 30 países. Por meio de um programa de residências e workshops internacionais e uma programação aberta ao público como Open Days, exposições e conversas com artistas, Triangle Network inicia a troca de idéias através da prática: uma abordagem que se baseia no diálogo, processo e abertura.

Com suas atividades, a TN desenvolve uma rede única de intercâmbio que conecta artistas locais e internacionais. Nas últimas duas décadas, os parceiros da rede trabalharam com mais de 4.000 artistas. Somente na África, mais de mil artistas participaram de oficinas e residencies. Tais programas de intercâmbio têm tido um enorme impacto na carreira dos artistas, ajudando-os a desenvolverem trabalhos inovadores e experimentais e a ganharem visibilidade a nível nacional e internacional.