Residências em Trânsito

O programa Residências em Trânsito segue o mesmo formato das residências no Hangar em termos de estrutura e metodologia, mas é desenvolvido num formato de intercâmbio cultural entre Portugal e países estrangeiros.
As residências acontecem em vários destinos através de colaborações entre artistas, espaços de arte e guias locais para a elaboração de percursos criativos e trocas culturais.
As Residências em Trânsito visam, portanto, facilitar o encontro de diferentes nacionalidades e a troca de ideias por meio de práticas artísticas nas áreas das artes visuais, performance, musica, fotografia e vídeo. O objectivo é gerar uma residência durante uma viagem artística que, pela natureza site-specific do programa, cria oportunidades para artistas e públicos locais e promove intercâmbios culturais.

Os artistas participam por meio de convite e também de um Open Call. O programa pretende corrigir assimetrias de acesso à criação e fruição cultural e às residências internacionais, criando condições que favoreçam o desenvolvimento de projetos artísticos num contexto de intercâmbio cultural entre os parceiros e artistas envolvidos no projecto.

Os parceiros estratégicos são: RRAM (São Tomé), Kooshk (Irão), Panal 361 (Buenos Aires), Paos (Mexico City). O Hangar desenvolve também residências na Ethiopia. Como parte do intercâmbio que estes acordos promovem o Hangar receberá artistas destas organizações parceiras em residência na sua sede em Lisboa.

Residências

Notícias

AndreiaSantana

We are happy to announce that our new cycle of Residencies in transit in collaboration with other independent art spaces had began with R.A.P. Residencias de Arte Panal, in Buenos Aires – Argentina with the Portuguese artist Andreia Santana and will take place between December and January. More residencies will be announced shortly.

Notícia completa