Sara Benaglia by Icaro Outubro 15, 2021 0 portfolios

Artista e investigadora, ela tem uma prática baseada na crítica das ideologias em disciplinas visuais, originalmente entre os estudos de relações entre exercício psicológico e espiritual e crenças políticas. Ela exibiu o seu trabalho na CCA Kitakyushu, Fondazione Merz in Turin, na Académica de Espanha em Roma e no museu de arqueologia de Aosta.

Ela escreve ensaios e entrevistas com o foco em relações entre a arte e políticas, e relaciona com distorções visuais, com uma abordagem feminista e decolonial. Em particular, ela interessa-se na relação escondida entre o humanismo e o matrix da raça no contexto “italiano” renascentista e a relação entre remoções coloniais e feminino/ deformação de corpos. Ela colaborou em revistas como ATPdiary, Doppiozero e Art e Dossier.

Ela é curadora do espaço sem lucros BACO_BaseArteContemporaneaOdierna juntamente com Mauro Zanchi, com o qual ela está principalmente interessada na fotografia contemporânea da perspetiva crítica.

As mais recentes publicações dela são The Mobility of the Matrix (Lubrina Editore, 2021) e Metafotografia(3) (Skinneboox, 2021).