Marie Carangi by Editor Abril 08, 2019 0 portfolios

Marie Carangi (Recife-PE, Brasil, 1989) é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFPE, trabalha na criação de contextos e situações com foco no corpo feminino como agente estética, política e narrativa de si mesmo. As suas pesquisas, que envolvem identidade, vestuário, etnia, ancestralidade, costumes sociais, experiências ambientais e coletivas, desdobram-se em performance, vídeo, arte sonora, desenho, fotografia e objeto.
Inicia o trabalho de performance-serviço “Peluqueria Carangi” no Lesbian Bar do artista Fernando Peres em Recife-PE. Inaugura a individual GRITO CORTE no I Programa de Exposições do CCSP, São Paulo-SP, 2015. Participou nas residências CASA COMUM, Rio de Janeiro-RJ; Margens, Belém-PA, e Q21 Museums Quartier, Vienna-AT.
Artista premiada na 6a edição do Prêmio EDP nas Artes do Instituto Tomie Ohtake com a performance-instalação Tetaço Geral, 2018. Dos seus trabalhos mais atuais está a performance e peça sonora Teta Lírica, lançada pelo projeto “O Obscuro Fichário dos Artistas Mundanos”. Teta Lírica esteve no MasturBar de Fabiana Faleiros na 10th Berlin Biennale, 2018.

Prémio EDP – Instituto Tomie Ohtake & Instituto EDP


you may like