CORONAS IN THE SKY by Icaro Setembro 12, 2021 0 Novidades, Novidades a decorrer, Screenings

CORONAS IN THE SKY
Not a Manifesto!
an Essay on Afrofuturism and Liberation

Início: 24 de Setembro (17h – 21h)
Quarta – Sábado (15h – 19h)
Último dia: 2 de Outubro

CORONAS IN THE SKY, Not a Manifesto! an essay on Afrofuturism and Liberation © Melissa Rodrigues

Após 4 dias em Berlim, caminhar com uma mala de 20 quilos por linhas de metro, autocarros, ruas, escadas, um aeroporto vazio e um avião fantasma, volto a casa, para aquela onde vivi nos últimos anos. Lá fora há silêncio e o som das sirenes molda o espaço outrora habitado por uma cidade.
Este é o lugar e o tempo em que existo hoje e de onde falo.

Estar em residência artística no meio de uma pandemia é um delírio criativo e uma tentativa constante de (re)conexão com a realidade envolvente.
Lá fora o mundo gira. A próxima grande crise aproxima-se silenciosa e cruel devastando vidas já antes marcadas pela desigualdade racial, de género, social e económica.
Está tudo ligado.

Entre textos, livros, artigos, imagens, uma performance materializa-se, toma forma, é corpo.
É um poema, um ensaio. As imagens emergem sobre um fundo escuro em contraste com a luz que irradia das Coronas apontadas para o céu, o dedo mexe na ferida colonial, o poder é questionado e ela (Eu/Nós) dança(mos) freneticamente.

FICHA TÉCNICA

CORONAS IN THE SKY, Not a Manifesto! an Essay on Afrofuturism and Liberation
2020
Melissa Rodrigues
Video – Performance 14’19’’, cor, som stereo
Instalação multicanal
Video Performance realizada no âmbito da residência artística Magic Carpets Creative Europe Platform entre Março e Maio de 2020 no ZK/U Berlin
Curadoria Lotta Schäfer

Performers
Claire Sivier
Desirée Desmarattes
Dori Nigro
Jade Rocha
Lola Rodrigues
Melissa Rodrigues

BIO

Melissa Rodrigues (Praia, Cabo Verde, 1985)

Melissa é performer, arte-educadora e curadora.
Licenciada em Antropologia UNL/FCSH e pós-graduada em Performance pela FBAUP.
Possui formação em Artes Performativas pelo c.e.m. – centro em movimento, Lisboa.
Colabora desde 2008 em projetos de Educação Pela Arte e como arte-educadora no âmbito de serviços educativos, como no Serviço Educativo do Museu de Arte Contemporânea de Serralves (2015 – 2020).
Participa frequentemente em projetos colaborativos e interdisciplinares que relacionam arte, experimentação e ativismo.
Como investigadora nas áreas da Performance e da Cultura Visual tem desenvolvido pesquisa em Imagem e Representação do Corpo Negro em colaboração com artistas visuais, cientistas sociais e performers.
Co-criou com o coletivo Chá das Pretas a performance cabelo e com o artista visual Miguel F a vídeo instalação MEDITERRÂNEO.
Concebeu a conferência-performance De Submisso a Político – O Lugar do Corpo Negro na Cultura Visual e em 2020 no âmbito de uma residência artística realizada no ZK/U Berlin através do programa Magic Carpets Creative Europe Platform concebeu a vídeo-performance CORONAS IN THE SKY, Not a Manifesto! an Essay on Afrofuturism and Liberation.
Em 2020/2021 integrou as equipas curatoriais dos programas Um Elefante no Palácio de Cristal e Anuário 2020 da Galeria Municipal do Porto.
É membra da Associação Cultural Rampa, do InterStruct Collective, do Núcleo Anti-Racista do Porto e da UNA – União Negra das Artes.