André Príncipe by Ricardo Abril 19, 2020 0 portfolios

André Príncipe (Porto, 1976). Vive e trabalha em Lisboa. Estudou Psicologia na Universidade do Porto e graduou-se pela Escola de Cinema de Lisboa em 2001. Viajou pela América do Norte, Europa e Ásia. Viveu em Nova York e Londres. A sua prática artística centra-se na sequência de imagens. Expõe regularmente desde 2004. Entre as exposições individuais destacam-se: Walls no Centro Português de Fotografia (2005); Tunnels (2005), Smell of tiger precedes Tiger (2009) e Master and Everyone (2011) na Galeria Fernando Santos; I thought you knew where all of the elephants lie down, no Centro Cultural de Ílhavo (2010); Antena 2 na Galeria Pedro Alfacinha (2014). Entre as mostras coletivas recentes destacam-se: Le Bal and Galerie 12 mail em Paris; CGAC – Centro Galego Arte Contemporanea, Santiago Compostela, Espanha; CAV e Centro José Guimarães, Portugal.

Dirigiu e co-dirigiu curtas e longas metragens, entre eles “Traces of a diary ” (com Marco Martins) que ganhou o prémio honorário do júri no Documenta Madrid 2011 e foi exibindo em vários festivais internacionais. O seu último filme, Campo de flamingos sem flamingos (Som & Fúria), tece estreia comercial em 2014.
André Príncipe é fundador e co-editor da editora de livros Pierre von Kleist. A PVK tem distribuição mundial e é presença regular em feiras de livros como NYArt Feira do Livro no MoMA PS1, Tokyo Art Book Fair e Offprint Paris.

Publicou seis livros; Tunnels, (Edições Booth-Clibborn, Londres (2005); Master and Everyone, (2010); I thought you Knew where all of the elephants lie down (2011); Perfume do Boi (2012); Smell of Tiger precedes Tiger (2012); Tokyo Diaries, com Marco Martins (2014); You´re living for nothing now, Book 1,2,3, (2015), todos editados pela PVK.