Hangar I Triangle Network  5ª Edição

Workshop Internacional de Artista

LEFT  OVERS 

 

PROGRAMA PUBLICO*

Conversa com os artistas nacionais participantes do Workshop – Andreia Santana, Jérémy Pajeanc e João Vasco Paiva e o Curador Bruno Leitão.

9 Dezembro 2016 – 18H

Entrada Livre

* devido ao caráter internacional do workshop a conversa será em inglês.

(imagem: Edouard Malingue, João Vasco Paiva)

ANDREIA SANTANA (PT)

Andreia Santana (Lisboa, Portugal, 1991). Vive e trabalha em Lisboa. Licenciada em Artes Plásticas pela ESAD. Participou no Programa Independente de Estudos de Artes Visuais da Escola Maumaus. Vencedora do Prémio Novo Banco Revelação 2016 e do Prémio de Escultura D. Fernando I. Em 2013 esteve em residência na Galeria Mieszkanie Gepperta (Varsóvia, Polónia). Desde 2012 expõe regularmente em Portugal e no estrangeiro, tanto individualmente como em exposições colectivas, nas quais se distinguem: Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto; Tabula Rasa, Zaratan – Arte Contemporânea, Lisboa (2015); No Water on the Other’s Edge, Mieszkanie Gepperta Gallery, Varsóvia, Polónia; Vários actos em torno do desenho (2013) Galeria Lagoa Henriques, Lisboa.

JÉRÉMY PAJEANC (PT | FRANÇA)

Jérémy PaJeanc (Paris, França, 1988). Vive e trabalha entre o Porto e a Marinha Grande. Licenciou-se em Artes Plásticas – Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. É professor no Lycée Français Internacional do Porto (Artes Plásticas e História da Arte) e na Escola Superior de Educação do Porto, nas áreas de Escultura e Cerâmica. Desenvolve investigação sobre a relação entre Arte e Ciência no vidro, campo onde tem direcionado o seu trabalho artístico. Expõe regularmente desde 2009, tendo recebido diversos prémios nacionais e internacionais, entre eles o Prémio Jovens Criadores da Bienal de Cerveira em 2013, em parceria com K. Stepanskyy e Jovem Promessa, na European Glass Context, quando representou Portugal na Dinamarca em 2012.

JOÃO VASCO PAIVA (PT | HONG KONG)

João Vasco Paiva (Coimbra, Portugal, 1979). Vive e trabalha em Hong Kong. Licenciou-se em Artes Plásticas pela Escola Superior de Belas Artes do Porto e obteve um mestrado na City University de Hong Kong. Bolseiro da Fundação Oriente, de 2006 a 2008, leccionou na City University de Hong Kong e fez apresentações em universidades dos Emirados Árabes Unidos e Reino Unido. Expõe desde 2008, tendo já realizado exposições em Zurique, Brisbane, Hong Kong, Seoul, Roterdão, Berlim, Nova Iorque, Londres, Pequim, Moscovo e São Paulo, entre outras cidades. Em 2015, foi seleccionado para a Art Basel de Hong Kong e completou uma residência nos Lichtenberg Studios, em Berlim.

BRUNO LEITAO (PT)

Licenciado em Artes Plásticas na ESAD-CR, detêm uma pós-graduação em Estudos Curatoriais da FBAUL e Fundação Calouste Gulbenkian. É doutorando na UCLM (Espanha), com a tese “Curadoria entre arte política e formalismo”. Actualmente a residir entre Madrid e Lisboa, é crítico de arte para as publicações Dardo Magazine e Artishock e fundador do projecto Curatorial Clube. É membro do IKT, (International Association of Curators of Contemporary Art). Bruno Leitão foi curador no Lumiar Cité, espaço expositivo ligado à Escola de Artes Visuais Maumaus, em Lisboa. Aí trabalhou com, entre outros, Allan Sekula e Harun Farocki. Foi Director de Produção em 2007 da Galería Elba Benitez. Das suas exposições como curador independente, destacam-se: Atelier Utopia Miguel Palma, Fundação EDP Porto, a colectiva Narrativas Culturales, com os artistas Carlos Amorales, Sara Ramo, Marlon de Azambuja e Miguel Palma, em Madrid e Contra/cto com Carlos Nogueira, Felipe Ehrenberg, Los Torreznos, Sandra Gamarra e a dupla Sara e André. Como crítico de arte, fez entrevistas e escreveu sobre exposições em Portugal, Espanha e Brasil. Colaborou com a XEREM na terceira edição do workshop TN, OFFLINE, como membro do júri e curador convidado.