Paulo Arraiano by Ricardo Novembro 17, 2019 0 portfolios

Paulo Arraiano (1977, Portugal) licenciou-se em Comunicação pelo ISCEM (Lisboa) e frequentou Artes Plásticas na Ar.Co – Centro de Arte e Visual (Lisboa). É também co-fundador da re_act contemporary, laboratório e programa de residência [Açores] e no.stereo, artist-run platform.

Conta com inúmeras exposições, individuais e colectivas, nacionais e internacionais, das quais se destacam Dimora Artica [Milão]; Hawaii-Lisbon [Lisboa]; Pivô (S.Paulo); Museu d’Historia da Catalunya (Barcelona); Art Rotterdam [Roterdão]; Cidade das Artes Museum [Rio de Janeiro]; MAH Museum [Açores]; Quartier General, Centre d’art Contemporain [La Chaux-de-Fonds]; Aeroplastics Contemporary [Bruxelas]; Petra Gut Contemporary [Zurique]; TAL Gallery [Rio de Janeiro]; ArtRio [Rio de Janeiro]; The Dot Project (Londres]; Palácio da Pena [Sintra]; Forty/Forty [Varsóvia]; Galeria Graphos [Rio De Janeiro]; Museu do Côa [V. N. Foz Côa]; ArtWhino [Washington DC]; Hifa, Harare International Festival Of Art [Zimbabwe]; Câmara Municipal do Porto [Porto]; Museé d’Art Moderne [Luxembourg], Scope/Miami Basel [Miami]; National Building Museum [Washington DC]; P28 [Lisboa] entre outras. Participou em programas de residência e festivais como Transforma [Torres Vedras]; Walk&Talk [Azores]; LAC [Lagos]; ”Atemporal” (Rio de Janeiro) entre outros. Os seus trabalhos estão representados em várias coleções públicas incluindo o Museu CAC Málaga; [Spain]; Luciano Benton Collection [Italy]; Quartier-General Arts Center [Switzerland]; Museu de Angra do Heroismo [Azores];  Sztuki Zewnetrznej Foundation [Polónia]; Grupo Pestana [Portugal]; Fundação D. Luís / Bairro dos Museus [Portugal]; MARCC [Portugal] e inúmeras coleções privadas.


you may like