From A Distance Calling by Icaro Junho 21, 2021 0 Novidades anteriores, Space Station Lisbon

Direção: Nii Obodai

Participantes:
Leão Maré Djaci (PT/ANG)
Henrique J Paris (ANG)
Rafael de Oliveira (ANG/PT)
Sofia Yala (PT/ANG)
Odair Monteiro (CV)
Nuno Silas (MOZ)

Curadores convidados:
André Cunha (ANG)
Filipa Oliveira (PT)

© Nii Obodai

PROGRAMA PÚBLICO

24 de Junho, quinta-feira, 18h – Conversa com os artistas participantes Lion Maré Djáci (PT/ANG), Henrique J Paris (ANG), Rafael de Oliveira (ANG/PT) e Curador André Cunha (ANG)

25 de Junho, sexta-feira, 18h – Conversa com os artistas participantes Sofia Yala ( PT/ANG ), Odair Monteirto (CV) e Nuno Silas (MOZ) e Curadora Filipa Oliveira (PT)

26 de junho, sábado, 19h30-22h – jantar especial e concerto a ser anunciado – Info: hangarcia.production@gmail.com

30 de Junho, Quarta-feira, 16h-20h – Dia Aberto – apresentação das obras dos artistas em residência

INFO

Estamos todos no vórtice de uma pandemia que é muito mais do que apenas uma invasão viral. Tudo o que pensamos saber como norma está a ser desafiado. Política, culturas, histórias, relações, amantes, famílias de amizades, ambiente, espaço, todos os nossos conceitos de relacionamento estão a moldar-nos numa incerteza definitiva. Sabemos mais do que nunca que nenhum de nós tem qualquer ideia de como será o amanhã, mas uma coisa é certa, cada um de nós está a ser chamado a perceber que está mais em sintonia com o nosso estado de consciência e através disto, a única coisa que todos podemos aprender a confiar é como melhor seguir a nossa voz interior.

Através da porta de entrada da nossa oficina, From A Distance Calling, somos um pequeno grupo de artistas fotográficos que nos segue com o impulso imperioso de percorrer juntos os próximos dias, sabendo que não seremos os mesmos no nosso regresso.
Procuramos olhar para aquilo que não podemos ver, questionando-nos a nós próprios para nos libertarmos das nossas limitações e emergir renovados e inspirados com uma energia criativa crítica.

Esta Residência / Workshop é apoiada por:
UCREATE é um projecto de Creative Europe a decorrer na Bélgica, Hungria, Portugal e Itália liderado por 4 organizações artísticas (Fundação Internacional Yehudi Menuhin (BE); HANGAR (PT); Mus-e Hungary (HUN); BIG SUR (IT)) com o objectivo de utilizar as artes e a co-criação artística como um meio para criar laços sociais entre indivíduos.

BIO

Francis Nii Obodai Provençal (b.1963) é um fotógrafo ganense baseado em Accra, Gana e Maputo, Moçambique. Ao longo da sua carreira, Nii Obodai tem documentado a complexidade do seu mundo através da fotografia, do áudio e do texto. Ele é particularmente apaixonado pela fotografia como meio para gravar e celebrar a dinâmica invisível e inesperada da vida quotidiana no continente africano. O seu trabalho explora as nossas complexas relações com o ambiente e uns com os outros. O seu profundo interesse em como o passado é recordado e o papel dos fotógrafos nesse processo deriva em parte da afanásia, uma condição que o impede de formar imagens na sua mente. A fotografia tornou-se o meio pelo qual Nii Obodai se lembra do passado e conjura o presente.

Em 1998 ele co-criou o Nuku Café em Acra, um espaço vibrante para artistas contemporâneos empenhados numa prática social e politicamente consciente. Evoluiu para o Nuku Studio, que se envolve em projectos de investigação académica colaborativa e organiza um programa anual de workshops com o objectivo de desenvolver competências fotográficas e de comunicação visual. O estúdio também fundou o Festival Fotográfico Nuku eponymous, o primeiro festival de fotografia do Gana.

O trabalho de Nii Obodai foi exibido no Festival de Adis Abeba (Etiópia), Museu Solomon R. Guggenheim (Nova Iorque, EUA), Encontros de Bamako (Bamako, Mali), Aliança Francesa (Accra, Gana), Galeria de Arte Whitworth (Manchester, Reino Unido) O Centro Cultural Franco-Moçambicano (Moçambique), Museu Moesegaard (Aarhus, Dinamarca) e Beverly Art Gallery (Beverly, Reino Unido).