Van Holanda (Fortaleza, Ceará) é artista e pesquisador de trânsitos poéticos. Estudou Artes Visuais na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Entre suas exposições mais recentes destacam: 5ª edição do Prêmio Energias na Arte no Instituto Tomie Ohtake (São Paulo), SESC Consolação (São Paulo), Caixa Preta (Rio de Janeiro) e Casa de Artes de Paquetá (Rio de Janeiro) com o coletivo Transburger. Publicou “duas luas em um céu vermelho” pela editora Rébus (Rio de Janeiro). Trabalhou na 32ª Bienal de São Paulo na obra-restaurante Restauro de Jorge Menna Barreto. Esteve recentemente em residência na Casa Matony, em La Paz, Bolívia.

A residência de Van Holanda no Hangar é realizada pelo Instituto Tomie Ohtake, com patrocínio da EDP e do Instituto EDP, sendo o artista vencedor da 5ª edição do Prêmio Energias na Arte.