Hangar I Triangle Network 6ª Edição

Workshop Internacional de Artistas

(IM)POSSIBILITIES

PROGRAMA PUBLICO*

Conversa de Artistas com a equipa da Hélice – Duarte Amaral Netto, João Paulo Serafim, Rodrigo Tavarela Peixoto, Valter Ventura.

9 de Dezembro, Sábado, 18h

Entrada Livre

*devido ao carater internacional do workshop as conversas serão em inglês

Residência Culinária: Liliana Escalhão (A Li Café)
20h – Jantar mexicano. Chef Convidado: Shay Ola. Tacos (10€) e Cocktails (4€). Show da cantora Danae Estrela e set DJ A minha vida dava uma banda sonora. Info: alinohangar@gmail.com

©Helice

HÉLICE/FOTÓGRAFOS QUE USAM A FOTOGRAFIA partiu da necessidade reconhecida pelos seus fundadores da criação de uma instância de formação avançada de Fotografia que pense em conjunto com os seus formandos o lugar da criação fotográfica na contemporaneidade.

 

“Com um enfoque na formação de autores que utilizam a fotografia para expressar a alteridade, cremos que esta especificidade não é mero pormenor, a criação com a fotografia necessita de um conhecimento do media a nível histórico, técnico e teórico. Este conhecimento confunde-se com a história do humano ao longo da modernidade e na contemporaneidade. A fotografia terá contribuído, como poucos outros media, para a cultura presente.”

Com estas premissas como base, a HÉLICE propõe um conjunto de módulos que compõem a praxis de um fotógrafo que usa a fotografia, quer enquanto autor, quer como criador de imagens ao serviço de outros. A componente técnica é valorizada com recurso a workshops mensais que desenvolvem quer a técnica específica do aparato fotográfico quer uma técnica do pensamento que usa a fotografia. Os debates em redor das práticas autorais ocorrem com uma periodicidade semanal e outros fotógrafos são convocados, sempre que possível, para apresentar o seu trabalho e desenvolver um diálogo aberto e livre com os alunos.

http://www.helice.pt

EQUIPA HÉLICE

Duarte Amaral Netto (Lisboa, 1976). Vive e trabalha em Lisboa. Estudou fotografia no Ar.co de 1996 a 2000, participou na primeira edição do Curso de Fotografia da Fundação Calouste Gulbenkian em 2004 e obteve o European Master of Fine Art Photography no IED Madrid em 2016 (com a bolsa IED). Expõe regularmente desde 2002, quando recebeu o Grand Prix du 48ème Salon de Montrouge, em Paris. Representou Portugal na exposição “100 photos pour l’Europe” em Paris e foi seleccionado para diversos festivais e eventos como “European Night” em Arles (2006) ou Plat(t)form em Winterthur (2014). Em 2012 foi nomeado para a 8ª Edição do Prémio BES PHOTO com exposições no Museu Berardo em Portugal e Pinacoteca de São Paulo no Brasil. É professor de Fotografia no Instituto Politécnico de Tomar desde 2003.

João Paulo Serafim (Paris, França, 1974). Vive e trabalha em Lisboa. Formado em Fotografia e Artes Plásticas no Ar.Co, escola onde lecciona no Departamento de Fotografia desde 1998. Em 2005 participa no Curso de Fotografia do programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística, tendo em 2008 frequentado o curso de História de Arte da Universidade Nova de Lisboa. Em 2005 foi vencedor do 3º Prémio Purificacíon García. Desenvolve desde 2005 o projeto MIIAC – Museu Improvável Imagem e Arte Contemporânea, museu ficcionado baseado numa pesquisa iconográfica de um acervo pessoal, construído ao longo do percurso do artista. O MIIAC materializa-se virtualmente ou através de exposições em diferentes espaços, combinando memórias pessoais e colectivas. Colabora ainda com espetáculos teatrais e coreográficos.

Rodrigo Tavarela Peixoto (Lisboa, Portugal, 1974). Vive e trabalha em Lisboa. Fotógrafo português, expõe regularmente desde 1999, ano em que terminou seus estudos no Ar.Co. Neste ano recebeu uma bolsa da FLAD que lhe permitiu continuar os estudos na SVA, Nova Iorque. Em 2010 concluiu o Mestrado em Artes Plásticas na ESAD.CR. Está presentemente a realizar um Doutoramento em Estudos de Comunicação como Bolseiro da FCT. Desde 2007 lecciona várias disciplinas nas Licenciaturas de Fotografia, Animação Digital e Cinema na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Fundou a empresa Resize, realizando trabalhos de Fotografia desde 2001. As suas fotografias estão representadas em algumas das mais importantes coleções portuguesas, como a coleção PLMJ, BES Arte e Fundação EDP.

Valter Ventura (Lisboa, Portugal, 1979). Vive e trabalha em Lisboa. Licenciou-se em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Em 2005, como bolseiro do Banco Espírito Santo, frequentou o Curso Avançado de Fotografia no Ar.Co – Centro de Arte e Comunicação Visual. É professor especialista no Curso Superior de Fotografia do Instituto Politécnico de Tomar, colaborando também com o Ar.Co, o Atelier de Lisboa e a Faculdade de Belas-Artes de Lisboa. Em 2008, participou (em dupla com José Nuno Lamas) no Curso de Fotografia do 2º Programa de Criatividade e Criação Artística da Fundação Calouste Gulbenkian. Entre 2012 e 2014 foi responsável pela documentação fotográfica no Carpe Diem – Arte e Pesquisa.