Introdução à Produção Musical com Ableton

User Avatar
(0 review)
1,00€
IMG_9640

Esta formação visa dotar os participantes de ferramentas básicas para a criação musical, desde a produção e gravação à fase de mistura. A plataforma usada é o Ableton Live mas os conhecimentos aplicam-se a qualquer outra DAW. Divide-se em 11 módulos, com aulas teóricas e práticas (consultar programa em anexo), e tutorias individuais em que se trabalha sobre as criações individuais de cada aluna(o). As aulas terão periodicidade semanal e duração de uma hora. As tutorias individuais serão quinzenais e terão a duração de meia hora para cada participante.

Requisitos

– Dos países africanos ou da diáspora africana;
– Idade mínima de 18 anos;
– Interesse em música, arte, audiovisual e cultura em geral;
– Estar disponível para participar do workshop durante o período em que ele ocorrer;
– Computador;
– Ableton Live Suite – O Ableton estendeu o período de experiência para 3 meses. Se não for possível usar o Ableton na versão gratuíta, pode usar outro software em que se sinta confortavel apesar do curso ser dado em Ableton Live;
– Headphones or colunas;
– Controlador/keyboard MIDI (se possível);
– Audio interface (se possível).

Documentação Necessária em Português

-CV atualizado, com telefone e email;
-Carta de interesse;
-Link para o canal do youtube ou para a soundcloud (se possível).

Processo de seleção

Cumprir os requisitos e seleção realizada com base na carta de interesse.

Nota

Este curso é parte do Projeto Compasso. Entretanto, será realizado no futuro aberto a outros participantes, carregue aqui para registrar seu interesse.

Programa

1. Abordagens à produção musical – Semana 1

a. A musica no nosso contexto.
b. Elementos da musica
c. Terminologia musical.

2. DAW’s – Digital Audio Workstations – Semana 1

a. DAW’s– Computadores, interfaces Áudio/MIDI, Microfones, Cabos, Controladores, Escutas;
b. Ableton – configurações;
c. Ableton I/O e vista geral;
d. Session View/Arrangment View;

3. Sampling – semana 2

a. Sampling e Samplers;
b. Phrase sampling;
c. One-shot sampling;

4. Áudio no Ableto – Semana 2

a. Audio Clips
b. Looping.
c. Pitch Shift
d. Time-Stretch.
e. Warping
f. Samplers no Ableton – Simpler e Sampler;

5. DRUMS – Semana 4

a. Grid e Subdivisao;
b. Beat; Ritmo e Groove;
c. Programação de beats. Patterns básicos de alguns géneros: Hip Hop, Dance Hall, House, Techo, Bass, RnB; Kizomba; Dubstep, Trap, Drum and Bass.

6. MIDI e Controladores – Semana 5

a. O que é o MIDI;
b. MIDI clips;
c. Virtual instruments;
d. External Instruments;
e. Mapeamento MIDI.

7. Instrumentos, Melodia e Harmonia – Semana 6

a. Melodias;
b. Baixo;
c. Harmonia
d. Layering e textura

8. Síntese – Semana 7

a. Tipos de síntese;
b. Arquitetura dos sintetizadores;
c. Osciladores e tipos de ondas;
d. Filtros;
e. Modulação.

9. Efeitos Áudio – Semana 8

a. Inserts vs Envios;
b. Equalização;
c. Processamento dinâmico;
d. Efeitos baseados em fase: Delay, Reverb, Chorus, Flangers e phasers.
e. Saturação e distorção e exciters
f. Outros efeitos

10. Arranjo e Automação – Semana 9

a. Estrutura.
b. Automação de clips e automação da sessão

11. Desconstrução de um beat – Semana 10

12. Trabalho Prático Final – criação dum tema – Semana 11 e Semana 12

This course aims to give participants basic tools for musical creation, from production and recording to mixing. The platform used is Ableton Live but the knowledge can be applied to any other DAW. It is divided into 10 modules (see attached program) with theoretical and practical classes; and 1-to-1 tutorials in which the individual creations of each student are worked together. Classes will be held weekly and last for one hour. The 1-to-1 tutorials will be bi-weekly and will last half an hour for each participant.

Requirements:

– From African countries and the African diaspora;
– Over 18 years old;
– Interest in music, art, audiovisual and culture in general;
– Be available to participate in the workshop during the period in which it takes place;
– Computer;
– Ableton live suite – Ableton has extended the trial period to 3 months. If not you can use the free version, although the course will be in Ableton Live, you can use other software that you feel comfortable with.
– Headphones or speakers
– MIDI keyboard/controller (if possible)
– Audio interface (if possible)

Necessary documentation (in Portuguese)

– Updated CV, with telephone and email contact;
– Letter of intent;
– Link to youtube channel or soundcloud (if possible).

Selection procedures

To fulfil the requirement and selection based on the letter of intent.

Note

This course is part of the Projet Compasso. However this course will be held in the future open for other particpants, please, click here to register your interest.

Course Features

  • Lectures 19
  • Quizzes 0
  • Duration 1 Jun - 17 Aug 2020
  • Language Portuguese
  • Students 18
  • Assessments Yes
Chullage, de origem cabo-verdiana, criado na margem sul de Lisboa, é rapper, dizedor, produtor e sound designer. Nas suas palavras poeta sónico e visual. Tem 3 álbuns editados (Rapresálias 2001, Rapensar 2004, Rapressão 2012) e várias colaborações com outros músicos. Da sua discografia pessoal destacaram-se os temas rhymeshit que abala, mulher da minha vida, national guettografik, ignorância XL, já não dá, N.I.G.G.A.S, eles comem tudo, cabo verdi nu bai, warria, entre outros. O interesse em explorar outros domínios da palavra levou-o ao spoken word, onde durante muitos anos, como Sr. Preto, juntou os seus textos à musica de colaboradores ou fê-los ouvir em eventos de palavra dita. Agora chama AKapella47 à sua palavra. Deste projeto e, em colaboração com Sliitz, saíram os vídeos “Don’t Believe da Hype” e “intenCIDADES”. Este último texto fez parte do espetáculo “Periférico” no CCB e fechou o Iminente 2017 de VHILS. Atualmente está focado no projeto, prétu. Neste, funde as suas origens e referências africanas, e em particular as cabo-verdianas, com as suas influências eletrónicas e o seu pensamento sobre o pan-africanismo, o contexto político de África e da sua diáspora. Para além da sua música, chullage faz desenho de som e composição para teatro e artes visuais. No teatro já assinou várias peças entre Lisboa e Londres. Integra o Teatro GRIOT desde 2013 enquanto compositor e sound designer tendo feito música e/ou desenho de som dos espectáculos “Posso saltar do meio da escuridão e morder”, “Que ainda alguém nos invente”, “OS NEGROS”, “LUMINOSO AFOGADO” (também colabora neste espectáculo enquanto actor); e “A Geração da Utopia”. Colaborou também com A Companhia em “Filhos das Mães” e “Os Santos da Casa”. Em Inglaterra destaca Europe After the Rain (Colchester, 2018), The War Has Not Yet Started (Theatre Royal Plymouth, 2017). Colaborou com VHILS no desenho de som dos vídeos instalações nas exposições Incision (Curutiba, 2019), Fragments Urbains (Paris 2018), Debris (Macau, 2017), Debris (Hong Kong, 2016) Dissection (EDP, Lisboa, 2014). Colaborou com a artista visual Mónica de Miranda no desenho de som dos vídeos instalações em South Circular ( MAAT, Lisboa 2019), Dó (BE, Luanda 2018) e Beauty (Valongo Festiva, Brasil e Galeria Carlos Carvalho, Lisboa 2018). É co-fundador dos Peles Negras Máscaras Negras – teatro do escurecimento. Este começou por ser um grupo de teatro fórum, e hoje com o teatro, a música, a alfabetização e outras ferramentas, mantém uma prática de discussão horizontal junto da comunidade cabo-verdiana. PNMN fazem parte da Khapaz – Associação Cultural de Afrodescendentes. Estudou Mixing and Mastering Electronic Music na Point Blank Music School (London – 2017), Sound Design for Theatre na Royal Academy of Dramatic Arts (London – 2014-16), Som I e II na Resart (Lisboa – 2010-12) e Sociologia do Trabalho – ISCSP – UTL. Dá aulas no Módulo de Hip Hop nos cursos de Produção e Produção Musical na World Academy, Criação e Composição Musical na Restart – Instituto de Arte e Novas Tecnologias e faz tutoria a jovens músicos no projeto Compasso no Hangar – Centro de Investigação Artística.
1,00€