Laura Torres Bauzà (b.1990, Maiorca) vive e trabalha nas Ilhas Baleares. Estudou Belas Artes na Universidade de Barcelona, ​​com mestrado em Produção e Pesquisa em Arte. Mais tarde, na Universidade Pompeu Fabra, Kaura Torres fez outro mestrado em Estudos Comparados em Literatura, Arte e Pensamento. Desde 2012 desenvolve sua carreira artística, combinando as artes visuais com a escrita. Laura Torres participa de exposições individuais e coletivas, entre as quais destacam-se: Wireless Teen F(r)ictions (Bòlit, Museu de Arte Contemporânea de Girona, 2017), Techno Blood (Sala d’Art Jove, 2017), Inside out, apoio Injuve para jovens talentos 2015 (Sala Amadís, Madrid, 2017), Raios-X, (Xavier Fiol’s Gallery, Mallorca, 2015), Tabula Rasa Videoprojeccions (MUU Gallery, Helsinki, 2014) e o Festival Internacional de Cinema entre as Ilhas (Exposição itinerante, 2014 -2015).

Laura Torres recebeu subsídios como Injuve 2015 (Governo espanhol), Sala d’Art jove 2016 (Governo da Catalunha), Prêmio 2016 Amedeu Oller para poetas inéditos (publicação de seu primeiro livro de poesia), Museu de Arte do Bolit Girona e Prêmio 2017 Archie Gittes do Círculo de Belas Artes de Palma. Laura Torres participou de várias residências artísticas, como a Nau Estruch Art Factory (Sabadell, 2017), no Museu de Arte de Bolit Girona, como parte da Residência do Programa Bolit Mentor (Girona, 2017) e no Laboratório Ca l’Isidret Editions Residence ( Vilafranca del Penedés, 2015).