Com a presença de KAMY LARA (realizadora e diretora de fotografia)
Uma programação integralmente dedicada ao trabalho da produtora angolana GERAÇÃO 80.
DATAS: 25 e 26 de OUTUBRO de 2017
HORA: Sessões às 19h e às 21h, seguida de debate
ENTRADA: Livre

Do outro lado do mundo, Angola, 2016 de Sérgio Afonso

Olhar o cinema angolano. O cinema em países como Angola representa algo de muito importante, não só no que diz respeito à preservação da memória de todo um povo, mas ao mesmo tempo a imagem de uma identidade e de desenvolvimento que pode mostrar ao resto do mundo. Assim, organizar um programa como o “Olhares Sobre Angola” em Portugal, país que por laços históricos reconhece essa identidade e onde reside a maior comunidade angolana no mundo, faz todo o sentido. Permite uma reflexão sobre outras formas de pensar, olhar e comunicar, contribuindo assim para um maior desenvolvimento cultural não só de Angola, mas da comunidade lusófona.

Curadoria: Maria do Sameiro André e Jorge António
Apoio: Associação il Sorpasso
Técnico de vídeo: Pedro Louro

PROGRAMA

Quarta-Feira, 25 Outubro 

19h  
A NOSSA GERAÇÃO, Angola, 2017, 50′
Realização: Gretel Marín

21h  
INDEPENDÊNCIA, Angola, 2016, 95’
Realização: Fradique (Mário Bastos)

Quinta-Feira, 26 Outubro

19h 
ALAMBAMENTO, Angola, 2008
Realização e Argumento – Mário Bastos

A LUZ NO QUARTO ERA VERMELHA PORQUE NÃO EXISTIA AMOR, Angola, 2016
Realização – Ery Claver

HÁ UM ZUMBIDO, HÁ UM MOSQUITO, SÃO DOIS, Angola, 2017
Realização – Ery Claver

HAVEMOS DE VOLTAR, Angola, 2017
Realização – Kiluanje Kia Henda

21h
DO OUTRO LADO DO MUNDO, Angola, 2016, 52’
Realização e fotografia: Sérgio Afonso