CONVERSA COM IRIT ROGOFF

Organizado por: Mónica de Miranda

Data: 20 de Outubro, 2017 (Sexta-feira), 19h

Morada: Rua Damasceno Monteiro, 12 – Graça.

ENTRADA LIVRE

Burak Arikan, Network Map of Artists and Political Inclinations, 7th Berlin Biennale.

DETALHES

“Ampliação – Densidades Locais e Circulações artísticas Globais ”

Actualmente existem histórias de arte muito ricas e densas e práticas locais que envolvem a especificidade do lugar, a sua designação histórica bem como particularidades sociais, políticas e culturais. Assim que estas práticas começam a circular amplamente, são reduzidas a uma simples linguagem significante que pode ser acolhida pelo mundo internacional da arte. Nesta palestra, a reflexão proposta sobre esta problemática assenta na constatação de que não se pode reproduzir a totalidade de uma especificidade local pela circulação do trabalho, mas ao mesmo tempo, é preciso encontrar alguma forma que tenha significado a nível internacional. Que ferramentas temos à nossa disposição para repensar esta dupla modalidade das artes em circulações global?

Biografia

Irit Rogoff é escritora, educadora e curadora. É Professora de Cultura Visual na Goldsmiths, Universidade de Londres, departamento que fundou em 2002. Rogoff trabalha no encontro entre as práticas contemporâneas, a política e a filosofia. Sua obra atual versa sobre novas práticas de produção de conhecimento e seu impacto nos modos de pesquisa, sob o título de “The Way We Work Now” (em breve). Como parte do coletivo freethought, Rogoff foi uma das diretoras artísticas da Trienal da Noruega “The Bergen Assembly”, que aconteceu em Setembro de 2016.